X

Estudo e orientação de viabilidade econômica de novas empresas

Neste trabalho, o economista faz o planejamento e reestruturação organizacional, desenvolvimento de projetos de financiamentos, pareceres técnico-judiciais, estudos de viabilidade econômico-financeira de projetos em geral. A metodologia de trabalho deve ser, em todos os campos de atuação, vivencial e participativa. Esta metodologia privilegia a criação de situações empresariais corriqueiras de forma que as pessoas possam experimentar as mais variadas ações sem, contudo, arriscar o futuro.

Outras funções do profissional que trabalha nesta área são: avaliação econômico-financeira e assessoria em processos de aquisição, alienação e fusão de empresas; privatização; reestruturação de passivos, identificando as estruturas financeiras e buscando as fontes de recursos; definição de políticas de treinamento.

O trabalho do economista neste campo compreende também o acompanhamento constante às empresas-clientes, através de relatórios de desempenho, onde se analisam as áreas de vendas, de produção, a origem e aplicação de recursos do mês e do exercício, além da política de estoques, auditoria financeira mensal, dentre outras avaliações. É através destas análises que a empresa-cliente é assessorada e pode, então, planejar e fazer todos os ajustes necessários.

Busca

Newsletter

Aniversários