X

NOTÍCIA

Professores e estudantes da FAHOR aprofundam estudos sobre produção de Biogás

Publicada em: 10/03/2017 | Assessoria de Comunicação FAHOR

Uma das linhas de pesquisa da FAHOR é “Tecnologia para o Agronegócio” e um dos programas desta linha envolve o desenvolvimento de equipamentos para a produção de biogás e biofertilizantes. Os professores Luís Carlos Wachholz, Geovane Webler e Adalberto Lovato, os acadêmicos Augusto Garbrecht e Cauã Wachholz, integrantes deste grupo de estudos realizaram mais uma etapa de visitas técnicas, neste dia 6 de março na Unidade de Produção de Leitões (UPL) de Adelar Piaia. A visita foi acompanhada por produtores de suínos, e pesquisadores de outras instituições que fazem parte do grupo de pesquisa.

A propriedade em estudo possui um biodigestor anaeróbico de leito fluidizado com capacidade de 1.500m3. Ele recebe diariamente cerca de 40.000 litros de dejetos e efluentes da criação de suínos, onde dentro do biodigestor esses dejetos se transformam em biogás e em biofertilizante, atendendo aos requisitos das normas ambientais.

O biogás é utilizado na produção de energia elétrica, suprindo em torno de 75% da necessidade energética da UPL – Unidade Produtiva de Leitões. O biofertilizante é totalmente utilizado na cultura de gramíneas, que depois são transformadas em feno e que, por sua vez, é comercializado para trato de gado leiteiro. Nos nove hectares destinados ao cultivo de trato para o gado a produtividade é tanta, que é feita uma colheita a cada seis semanas.

O retorno do investimento na implantação do sistema nesta propriedade gira em torno de 18 a 24 meses somente na geração de energia elétrica, sem considerar o retorno ao meio-ambiente em uma redução drástica do mau cheiro e do uso do biofertilizante isento de elementos que possam diretamente comprometer o desenvolvimento das plantas.

Busca

Newsletter

Aniversários