X

NOTÍCIA

Professores debatem alternativas pedagógicas para 2018

Publicada em: 08/12/2017 | Assessoria de Comunicação FAHOR

O perfil dos estudantes muda de acordo com a sociedade. E como é perceptível, os comportamentos de hoje em dia, a forma de encarar os compromissos, o trabalho e a vida pessoal mudou bastante. Dessa forma, o perfil dos estudantes da FAHOR também é outro e a instituição, por meio de seus professores e técnicos, está atenta a essas transformações e busca continuamente acompanhar as mudanças.

Por isso, o Qualidoc- Qualificação Docente FAHOR tem sido um espaço de troca de experiências, ideias e de aprendizado entre os professores. Organizado pelo Núcleo de Apoio Psicopedagógico da FAHOR, com coordenação da psicóloga e mestre em Educação nas Ciências, Aline Riffel e da mestre em Letras Nadir Scholze, o Qualidoc serve para refletir sobre o educar, sobre a vivência docente e lançar desafios com o objetivo da melhoria do ensino.

No último Qualidoc de 2017, os professores refletiram sobre o perfil do estudante e sobre como trabalhar as questões que vão formar, durante toda a trajetória acadêmica, o perfil do egresso da FAHOR.

“Eu acredito que na nossa profissão docente, aprendemos, criamos e compreendemos nossas rotinas e nossas tarefas a partir do diálogo entre os pares. A voz do professor tem muito a dizer do dia a dia, das atividades que dão certo e daquilo que precisa ser melhorado. Sem dúvida os encontros lançam desafios possíveis de serem executados no ano de 2018 e certamente vamos trabalhar novas atividades com esse novo perfil de estudante ”, comentou a professora Nadir Scholze.

O grupo também refletiu sobre o significado do Coração, na Rosa de Lutero, encerrando o ciclo de aprendizado que envolveu os 500 anos da Reforma Luterana, numa proposta executada pelo Pastor Olmiro Ribeiro Junior.

Busca

Newsletter

Aniversários