X

NOTÍCIA

Embalagens ativas e inteligentes: inovações da indústria de alimentos

Publicada em: 12/12/2017 | Assessoria de Comunicação FAHOR

Você sabia que o desenvolvimento de embalagens ativas e inteligentes tem como objetivo contribuir para o aumento da vida útil dos alimentos ou, pelo menos, permitir a identificação das alterações fisiológicas e deteriorações que os alimentos podem sofrer, pela presença de microrganismos, por desidratação, ou por oxidação, entre outros fatores?

A coordenadora do Curso de Engenharia de Alimentos da FAHOR, Claudia Verdum Viegas explica que as grandes indústrias alimentícias estão cada vez mais interessadas nas tecnologias que permitem o desenvolvimento deste tipo de embalagem. “E num futuro próximo será possível encontrar nas prateleiras dos supermercados, alimentos em embalagens que mudam de cor sempre que o produto sofrer algum tipo de alteração ou dano, provocados por variações indevidas de temperatura, ou por dano mecânico que pode incluir, por exemplo, deformação e amassamento. Será possível escolher uma fruta sem precisar tocá-la ou cheirá-la, graças às embalagens que indicarão o grau de amadurecimento através de etiquetas que mudarão de cor. Já existem no mercado francês embalagens que indicam a história térmica do alimento”, conta a professora.

Ela relata também que o laboratório Polylab, da Itália, desenvolveu filmes de polipropileno e polietileno com aplicações de moléculas fluorescentes de um corante de grau alimentício que mudam de cor quando o alimento neles embalados sofre deformação ou aquecimento excessivo.

“Diferente das embalagens inteligentes, as embalagens ativas apresentam como maior benefício a possibilidade de agir diretamente na conservação dos alimentos. Isto pode ocorrer por emanação de substâncias protetoras ou dispositivos para a absorção de outras que aceleram a degradação de um alimento perecível. Desta forma a proliferação de microrganismos pode ser retardada ou interrompida, estendendo a vida útil e o prazo de validade de um alimento”, explica Claudia.

Gostou do tema?

Esse é um dos assuntos que você pode estudar no Curso de Engenharia de Alimentos e assim, atuar em indústrias que desenvolvem este tipo de tecnologia ou em indústrias de alimentos que utilizam este tipo de embalagens.

Busca

Newsletter

Aniversários