X

NOTÍCIA

Lego é utilizado para compreender sistemas de produção

Publicada em: 15/12/2017 | Assessoria de Comunicação FAHOR

Na disciplina de Sistema Toyota de Produção, do MBA em Manufatura Enxuta e Sistemas da Qualidade, uma atividade diferenciada fez com que os pós-graduandos compreendessem de forma mais dinâmica o conteúdo apresentado.

O sistema de produção desenvolvido pela Toyota Motor Corporation fornece a melhor qualidade, o menor custo e o lead time mais curto por meio da eliminação do desperdício e é uma referência no mundo industrial. Para o professor que é engenheiro mecânico e Doutor em Ciências dos Materiais, Gil Eduardo Guimarães, o Sistema Toyota é uma filosofia e pode ser aplicada a diversos setores. “É uma filosofia que implica em ganhar ao deixar de perder, ou seja, um conjunto de ferramentas e metodologias que na verdade, são ações que já tomamos no dia a dia. O simples fato de não servir muita comida para não sobrar é uma ação do Sistema Toyota, que evita o desperdício”, comenta o professor.

“São pequenas ações transferidas para os sistemas produtivos industriais, aplicáveis imediatamente, sem muito recurso e com retorno excelente e em curto espaço de tempo. É uma cultura e por isso dependemos que isso seja introduzido na empresa antes de executá-la. As pessoas precisam estar capacitadas, porque o simples uso das ferramentas não vai funcionar sem que os profissionais tenham esse conhecimento”, acrescentou.

Para que os pós-graduandos compreendessem a “cultura” do sistema Toyota o professor desafiou os mesmos a identificar linhas de produção, utilizando peças de Lego, para identificar os aspectos e sugerir soluções a partir do Sistema Toyota, colocando em prática os conceitos dessa filosofia. “São metodologias alternativas para os estudantes que já estão cansados do trabalho semanal e não querem só ouvir o professor falar. Eles querem aprender e praticar o conhecimento. Por isso utilizo esses jogos, de forma a auxiliar esse aprendizado”, comentou o professor Gil.

Busca

Newsletter

Aniversários