X

NOTÍCIA

FAHOR lidera consórcio de Faculdades para adotar Biblioteca Digital

Publicada em: 05/04/2018 | Assessoria de Comunicação FAHOR

A FAHOR – Faculdade Horizontina tem como um dos valores desde a sua fundação, a vanguarda em vários assuntos, em especial a inovação e a tecnologia. A cooperação com empresas e com outras instituições é outro valor importante e neste sentido, ano a ano, as parcerias e as ações cooperadas vem avançando nas diversas iniciativas das instituições, seus cursos e demais serviços.

Fazendo jus a estes valores, setores como a Direção, os Coordenadores de Cursos, o setor de Tecnologia da Informação e a Biblioteca vêm estudando a implantação da Biblioteca Digital. Os estudos foram apresentados no fim do ano passado para o Colegiado Administrativo, que optou por convidar outras instituições da Rede Sinodal para compor um consórcio e beneficiar um grupo maior de estudantes e professores. A Câmara do Ensino Superior da Rede Sinodal por sua vez optou por convidar as instituições integrantes do FORCOM para este consórcio.

Na última semana o professor Marcelo Blume, representando a FAHOR, na companhia dos professores Fabrício Desbessel, Eloir Fernandes e Sirnei Kach apresentou a proposta na Assembleia do FORCOM, realizada na última semana em Três de Maio. A FAHOR é sócia e fundadora do FORCOM - Fórum das Faculdades Comunitárias, que tem três assembleias gerais anuais itinerantes realizadas em diferentes regiões onde estão instaladas as suas integrantes.

A proposta foi aprovada, recebendo a adesão inicial de sete diferentes Faculdades, além da FAHOR, IENH, FEMA, SETREM, FAMUR, Dom Bosco, FAPAS. A Biblioteca Digital é uma ferramenta que facilita o acesso aos melhores acervos, com inúmeros artigos relevantes que a tornam indispensável aos estudantes desse novo tempo e os serviços devem ficar disponíveis nestas instituições a partir de maio de 2018.

Além do consórcio para aquisição e funcionamento da Biblioteca Digital, o encontro da última semana tratou de negociações entre os sindicatos patronal e de trabalhadores, para 2018, bem como as mudanças na legislação sobre a avaliação institucional e dos cursos, e o acervo acadêmico digital.